Psicanálise e Sociedade: Intolerância e discursos de ódio – 13/09/17

banner-homesite-1.jpg

Em uma lógica pautada pela desigualdade e exclusão, a intolerância e o discurso de ódio passam a ser alternativas para a constituição de laços sociais que acabam por perpetuar relações de poder e medo. Como a Psicanálise pode contribuir para a compreensão e transformação dessa realidade que impõe, via violência, ainda mais exclusão e sofrimento ao sujeito?
Caterina Koltai Socióloga, psicanalista, professora do Curso de Teoria Psicanalítica da COGEAE da PUC-SP. Autora do livro Política e Psicanálise – O Estrangeiro e organizadora do livro O Estrangeiro, ambos da ed. Escuta.
Miriam Debieux Rosa Psicóloga, Psicanalista, Professora  no IP- USP e Coordenadora do Laboratório Psicanálise e Sociedade e do Projeto VEREDAS: Migração e Psicanálise. Professora na PUC-SP onde coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisa “Psicanálise e Política”. Autora do livro A clínica em face da dimensão sócio-política do sofrimento: Psicanálise, política e cultura. Ed.  Escuta/ FAPESP.
Nora Beatriz Susmanscky de Miguelez Psicóloga e Psicanalista. Doutora em Psicanálise pela PUC – SP. Professora de Seminários Clínicos e Teóricos no curso Formação em Psicanálise e Membro Efetivo do Departamento Formação em Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. Autora de artigos publicados em revistas de psicanálise e do livro  Complexo de Édipo Hoje: novos homens, novas mulheres e co-autora do livro Política e Psicanálise.
Quarta-feira / 13 de Setembro de 2017 / 19h30 – 22h00
Auditório do Instituto Sedes Sapientiae – Rua Ministro Godói, 1484 – Perdizes – São Paulo SP
(11) 3866-2730 – sedes@sedes.org.br
INSCRIÇÕES AQUI
VALORES

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top