Código: 8628
Objetivo

Objetivo geral:
Oferecer subsídios teórico-práticos para acadêmicos de graduação e profissionais da área da saúde, educação e organização - pública e privada- bem como, movimentos sociais acerca da Atenção Integral à Saúde LGBTI na perspectiva do Psicodrama e de conhecimentos científicos transdisciplinares recentes sobre identidade de gênero e orientação sexual .
Objetivos Específicos:
- Atualizar e contribuir com a capacitação de profissionais e estudantes que lidam ou pretendem lidar com questões da sexualidade humana em geral, com destaque àquelas associadas à orientação sexual, identidade de gênero e correlatos.
- Apresentar técnicas e métodos sociopsicodramáticos propostos por Jacob Levy Moreno e psicodramatistas contemporâneos que têm se mostrado eficientes para instrumentalizar intervenções nas modalidades individual, interpessoal e em grupo; aberto ou fechado; homogêneo ou heterogêneo; com duração prolongada, breve ou sem prazo definido para término.
- Propiciar a oportunidade de os participantes vivenciarem a potência dos métodos e técnicas de ação no mapeamento de problemas comuns e formação de alianças necessárias para sua superação, assim como na produção de conhecimento sobre realidades que envolvem interesses e valores em conflito e o desenvolvimento de empatia possível entre os envolvidos.

Corpo Docente

Saulo Vito Ciasca (Médico psiquiatra e ator. Possui graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (2006) e Residência Médica em Psiquiatria pelo Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP (2009) e Título de Especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria. Trabalhou como preceptor da Residência Médica em Psiquiatria no IPQ-HCFMUSP de 2010 a 2012. Professor da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Professor de diversos cursos de pós-graduação em sexualidade humana e gênero na UNISAL, FMABC, IBCMED e IPQ-HCFMUSP. Membro da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB. Membro da World Professional Association for Transgender Health (WPATH). Médico psiquiatra e pesquisador do AMTIGOS (Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual) do IPQ-HCFMUSP (Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), Formação em Teatro pela Escola de Teatro Macunaíma. E-mail: svciasca@gmail.com).
Milene De Stefano Féo (Psicóloga e Psicoterapeuta desde 1982, com título de especialista em Psicologia Clínica pelo Conselho Federal de Psicologia, em Psicodrama Educacional pelo GETEP e Psicodrama Psicoterápico pelo Instituto Sedes Sapientiae. Foi professora de Psicologia Social na UNISA, de Desenvolvimento do Papel de Diretor de Psicodrama na SOPSP (Sociedade Brasileira de Psicodrama de São Paulo), na ABPS (Associação Brasileira de Psicodrama) e, desde o inicio dos anos 90, é professora-supervisora no DPSedes. Titulada pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap) como Psicodramatista, Psicoterapeuta Didata e Didata Supervisora nos focos Socioeducacional e Psicoterápico. Foi Coordenadora Científica de Congresso Iberoamericano, Presidente de Congresso Brasileiro e Latinoamericano de Psicodrama e Psicoterapia de Grupo em diferentes abordagens (Febrap - IAGP). Autora de artigos publicados em revistas e livros na área. Criadora do Método Socionômico Multidimensiona Agruppaa).
Claudia Fernandes (Psicóloga e Psicodramatista Didata, atriz e professora de teatro. Formação em Psicanálise na ECFL- Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano e Formação em psicodrama no DPSedes do Instituto Sedes Sapientiae. Formação em Educação Artística. Licenciatura em Educação Artística pela Faculdade Marcelo Tupinambá. Professora de Psicodrama no DPSedes do Instituto Sedes Sapientiae, diretora do grupo de teatro Gota D' Água. Professora do curso de formação de psicodrama no DPSedes do Instituto Sedes Sapientiae).

Conteúdo Programático
  • Constructos da sexualidade humana: diversidades sexuais e de gênero.
  • Psicodrama e sexualidade: vivências, conflitos, excitações e resoluções.
  • Conceito de vulnerabilidade, interseccionalidades (com raça, gênero, classe, situação de rua, pessoa privada de liberdade, pop. negra, pop. indígena) e estresse de minorias.
  • Matriz de Identidade e Matriz de Diferenciação.
  • Transidentidades: saúde das populações travesti, transexual e não-binária.
  • Processo transexualizador do SUS: avanços, perspectivas, barreiras de acesso e desafios.
  • Psicodrama Educacional: Orientações sexuais para a saúde das populações lésbica, gay e bissexual.
  • Trabalho com grupos específicos: sociodramas e interseccionalidades.
  • Teatro Espontâneo, Sociodrama e Teatro Terapêutico : Ações e reconstruções sociais.
  • Psicodrama Individual e em Grupo.
  • Psicodrama Interpessoal e Tratamento Intermediário.
  • Intervenções temáticas ou atemáticas; em Ato, Processos Breves ou Sem Prazo de Término.
  • Discussão de casos clínicos, Role-play e Simulações realísticas.

ESTRATÉGIAS: O curso abordará conceitos-chaves na área da sexualidade humana, saúde mental e peculiaridades relacionadas à atenção à saúde de pessoas LGBTIs, utilizando como ferramenta técnicas e métodos sociopsicodramáticos. Tais conceitos e ferramentas serão apresentados com meta em oferecer subsídios e desenvolver competências para intervenções que expandam princípios de equidade, integralidade e universalidade, reduzam desigualdades sociais, discriminações e preconceitos por orientação sexual e identidade de gênero, assim como ampliem o acesso às reflexões que envolvem o Processo Transexualizador e aos serviços direcionados às populações LGBTs.

Destinado a

Universitários e profissionais das áreas de saúde, educação e organização, que trabalham em espaços públicos ou privados ou que pretendam vir a trabalhar.

Duração/Horário

Duração:

09, 16, 23 e 30/05, 06 e 20/06/2020.

Horário

sábados, das 09h00 às 13h00.

Informações para inscrições

Carga horária: 24 horas.

Nº vagas: 30 (trinta).

Matrícula até: 08 de maio de 2020, às 12h00.

INVESTIMENTO: - Na secretaria do Sedes: R$ 900,00 à vista ou em três vezes no cartão de crédito;
- Via Internet: cartões de crédito (conforme política da operadora); cartão de débito (à vista).

Documentos necessários e outras informações para inscrição, clique aqui...



Share on FacebookTweet about this on Twitter