Código: 219
Objetivo

Discutir, com os iniciantes na prática clínica, dificuldades e angústias deste atendimento. Partindo da teoria psicanalítica, o curso visa desenvolver a postura e o raciocínio clínicos necessários para o atendimento. O curso fundamenta-se na discussão de casos clínicos trazidos pelos alunos. Os alunos que não estiverem atendendo ou não quiserem apresentar material clínico podem participar da discussão dos casos trazidos por seus colegas. O foco central dessas discussões está voltado para a reflexão das dificuldades e angústias que o profissional se defronta no atendimento clínico. Assim, suas dificuldades e angústias podem ser utilizadas para o desenvolvimento da função de sua atividade profissional e não serem esvaziadas, evitadas, escondidas ou proibidas. A finalidade seria que o profissional, incorporando um raciocínio clínico, aprenda e utilize uma teoria e técnica psicoterapêutica de forma criativa, como um profissional pensante, e não como uma regra a ser seguida, uma “religião”, um mito.

Corpo Docente

Suely Gevertz (Psicóloga e Psicanalista. Professora no curso de especialização Psicanálise para formação de psicoterapeutas, do setor de Psicoterapia do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP / Escola Paulista de Medicina. Psicanalista pelo Instituto de Psicanálise da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. Ex-Membro do corpo diretivo da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e da Comissão de divulgação da International Psychoanalytical Association - IPA).

Conteúdo Programático

• entrevistas preliminares: como e para que fazer;
• proposta e contrato de trabalho;
• atendimento propriamente dito;
• a “escuta”.

ESTRATÉGIAS:
• leituras;
• discussão em grupo;
• seminários;
• supervisão de casos.

Destinado a

Psicólogos e Médicos.

Duração/Horário

Duração:

17/08/2017 a 07/12/2017.

Horário

quintas-feiras, das 10h00 às 12h00.

Share on FacebookTweet about this on Twitter