Código: 5584
Objetivo

OBJETIVO GERAL: Instrumentalizar o aluno, teórica e clinicamente, no exercício da observação psicanalítica por meio do Método de Observação da Relação Mãe-Bebê de Ester Bick. Proporcionar o aprofundamento teórico para os trabalhos que envolvem as relações pais-bebê-criança pequena. Refletir sobre situações de trabalho em contextos de saúde e educação a partir da Observação Psicanalítica.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  1. Desenvolver a capacidade de observação psicanalítica, refinando a capacidade de atenção a detalhes interativos e aspectos emocionais.
  2. Promover o desenvolvimento profissional a partir da possibilidade de vivenciar e refletir sobre elementos essenciais presentes nos vínculos de cuidado.
  3. Acompanhar o desenvolvimento do bebê em um contexto relacional.
  4. Exercitar a capacidade de conter e tolerar estados emocionais, sem julgamentos ou noções pré-determinadas.
  5. Desenvolver, a partir da própria experiência de observação, uma perspectiva psicanalítica acerca do desenvolvimento e das relações humanas.
  6. Favorecer o desenvolvimento de uma atitude clínica frente à observação de aspectos emocionais e de desenvolvimento nos primeiros anos de vida.
  7. Promover a capacidade de observação do vínculo afetivo-emocional da relação pais-bebê a partir do desenvolvimento do recém-nascido.
  8. Promover a capacidade de verificar indicadores de transtornos de desenvolvimento na criança de 0 a 3 anos.
  9. Estimular a capacidade de reconhecer e prevenir transtornos de desenvolvimento.
  10. Promover a capacidade de intervir precocemente na relação pais-bebê, observando, identificando, investigando e encaminhando para profissionais ou serviços de saúde especializados quando necessário.
  11. Promover e estimular a formação de um grupo de profissionais interessados no desenvolvimento de pesquisas nesta área.
Corpo Docente

Audrey Setton Lopes de Souza - coordenadora, Denise de Sousa Feliciano, Mariângela Mendes de Almeida, Maria Cecília Pereira da Silva e Tereza Marques de Oliveira.

Conteúdo Programático
  • Introdução à observação de bebês a partir do método Esther Bick.
  • Introdução à psicanálise de crianças e desenvolvimento emocional primitivo – Freud, Klein, Winnicott e outros.
  • Psicopatologia do bebê e da criança:
    – o desenvolvimento da criança e as principais causas de distúrbios na primeira infância;
    – os sintomas psicofuncionais da criança.
  • Principais técnicas e instrumentos utilizados na pesquisa e na intervenção em psicoterapia mãe-bebê/ criança e pais-bebê/criança. – Indicadores de transtornos de desenvolvimento.
  • Intervenção precoce na relação mãe-bebê/criança e pais-bebê/criança:
    – observação da dinâmica interativa mãe-bebê/criança e pais-bebê/criança;
    – questões da técnica de intervenção precoce na relação mãe-bebê/criança e pais-bebê/criança;
    – as questões transgeracionais e a parentalidade.

ESTRATÉGIAS: Em sala de aula: Discussão de textos previamente sugeridos para leitura. Supervisão e discussão das observações realizadas pelos alunos. Primeiro Ano: 18h00 às 19h15 Seminário de Observação de Bebês; 19h15 às 20h30 Aula teórica. Segundo ano opcional 19h15 às 20h30 discussão de situação de trabalho.

Destinado a
Profissionais das áreas de Saúde e Educação.
Pré-requisito: É recomendável a realização de processo terapêutico pesssoal, interesse e contato com crianças em contextos de Saúde e Educação.
Duração/Horário

Duração:

um ano (com possibilidade de extensão para 2 anos). Carga horária do curso: 80 horas.

Horário

quintas-feiras, das 18h00 às 20h30.

Informações para inscrições

Nº vagas: 20 (vinte).

Inscrição até: 05 de fevereiro 2018.

Processo seletivo: Análise de curriculum vitae.

- Publicação dos resultados: 16 de fevereiro de 2018, às 14h00.

Início do ano letivo: 08 de março de 2018.

Anuidade de 2018: matrícula - R$ 667,00 mais 10 parcelas de R$ 667,00.

Inscrição: 100,00 (cem reais)

Documentos necessários e outras informações para inscrição, clique aqui...



Share on FacebookTweet about this on Twitter