domingo, 22 de novembro de 2020 - 20h20

Repúdio ao assassinato  do cidadão  João Alberto Silveira Freitas
22 nov 2020

Repúdio ao assassinato do cidadão João Alberto Silveira Freitas

É urgente que a sociedade brasileira dê um basta ao racismo e a violência.

O racismo estrutural vem se exercendo cotidianamente em práticas pautadas na necropolitica, práticas que determinam quem é descartável e quem não o é. Condição que se perpetua nas milícias urbanas, nos exércitos do Estado, na segurança privada que tem, todos eles, o direito de perpetrar a violência e até mesmo matar.

O Sedes, desde sua fundação alinhado aos direitos humanos, se junta às vozes que repudiam o brutal assassinato do cidadão João Alberto Silveira Freitas.


Diretoria do Instituto Sedes Sapientiae
22/11/2020

Share on FacebookTweet about this on Twitter