segunda-feira, 09 de janeiro de 2023 - 16h51

Nota de Repúdio
09 jan 2023

Nota de Repúdio

São Paulo, 09 de janeiro de 2023

O Holocausto não começou quando as primeiras câmaras de gás foram acesas. O ovo da serpente foi sendo paulatinamente gestado na vida cotidiana de uma Nação.

No Brasil temos testemunhado os mais vis ataques ao Estado Democrático de Direito e aos Direitos Humanos: louvação a torturadores em plenários edificados para a garantia de direitos cidadãos, desprezo pela vida no enfrentamento da pandemia de Covid 19, assassinatos brutais de lideranças comunitárias sem qualquer apuração, omissão criminosa ante o desmatamento inaudito de nossas florestas e a destruição das condições de vida dos povos originários. A lista é imensa.

Neste domingo, dia 08 de janeiro, vimos o quão nefastas podem ser as consequências da banalização de discursos e atos antidemocráticos. Por isso medidas urgentes devem ser adotadas para conter tais ações criminosas e terroristas, que desconsideram a ética do bem comum que sustenta o convívio democrático.

Não foram apenas prédios e obras que foram depredados e atacados – o que já não é pouco -, mas a voz de uma Nação que soberanamente expressou sua vontade pelo exercício legítimo do voto.

Pela presente nota o Instituto Sedes vem fazer coro com todos aqueles que defendem a Democracia e as Instituições de forma inegociável. Sendo assim, a identificação e punição dos responsáveis, segundo os preceitos legais, é urgente e irrevogável.

SEM ANISTIA!


Diretoria do Instituto Sedes Sapientiae